RIOS E LAGOAS


Cartina Rios
UM PAÍS QUE VIVE COM A ÁGUA

A Guiné-Bissau é rica de água, doce e salgada. Água doce é a poucos metros abaixo do solo e permite a vida à toda a população.
Água doce das lagoas onde moram e reproduzem-se milhares de pássaros; água doce dos rios que correm para o mar através dos estuários.
Água salgada do oceano Atlântico, em frente às praias e entre as ilhas; água salgada dos “Rios”, os estuários que entram no continente até 150 km (como o rio Cacheu) ou apenas de algumas centenas de metros, rios lineares como o Rio Gêba ou ramificados como o Rio Grande de Buba.

Os rios de água salgada: braços de mar dentro do continente
São uma característica particular da Guiné-Bissau, onde encontra-se a maior concentração de rios de água salgada da África Ocidental e de toda a África.
A maior característica dos Rios é o mangal, crescente ao lado do rio quase sem interrupção. Entrar com o barco nos braços mais pequenos, passar sob os ramos, que descem à água para tornar-se raízes e, assim, se propagar é um espectáculo.
E mirar colónias de ostras sobre as raízes.
Mangrovie1Mangrovie2Mangrovie3Mangrovie4Mangrovie5Mangrovie6

Os rios de água doce: rio Corubal e rio Gêba
A Guiné-Bissau tem menos rios de água doce que de água salgada.
Os dois mais importantes são ambos afluentes do estuário do Rio Geba: o braço de água doce do Rio Geba (que passa por Bafatá) e o rio Corubal.
O rio Corubal tem as mais belas vistas, nas Cataratas do Saltinho.

As lagoas
A Guiné-Bissau é um país com ondulações mínimas do terreno, por isso só um pequeno vale com uma pequena barreira que o separa do mar pode criar uma lagoa, que na língua local é chamado de “bolanha”. As bolanhas são uma espécie de arrozais naturais, onde a população está a cultivar o arroz com pequenas obras de contenção da água. É possível encontrar bolanhas de qualquer tamanho ao longo das estradas internas e é muito bom ver as flores e os pássaros que vivem ali. Há também peixes. Na época de colheita é fácil ver as mulheres que preparam feixes de arroz.
Algumas lagoas são grandes e constituem um habitat natural para muitas espécies de aves.

A lagoa de Cufada
Entre as lagoas mais conhecidos e mais importantes é Cufada, formado pelo entrelaçamento entre o Rio Corubal e o Rio Fulaconda.
O Parque Natural das Lagoas de Cufada protege este atractivo complexo, as maiores reservas de água doce do país. As florestas que cercam estes lagos são uma bela paisagem e representam um importante habitat natural. A presença de animais muda da estação seca àquela chuvosa, evidenciando um ecossistema em mudança. Existem leopardos, hienas, hipopótamos brancos, crocodilos negros, antílopes, búfalos, gazelas manchadoas javalis e vários tipos de macacos. Algumas áreas são corredores de migração da vida selvagem.
Um grande número de aves, tanto nativas e migratórias, algumas das quais são espécies protegidas a nível mundial.

Onde comer e dormir
Ao longo dos rios há várias cidades, ponto de partida para excursões. Cacheu e São Domingos (rio Cacheu), Bafatá (Rio Geba), Quinhamel, Mansoa, Buba e Cacine (nos rios homônimos) oferecem a possibilidade de alojamento e restaurantes. Bom alojamento também em Saltinho (rio Corubal).
Mas, com excepção do leste mais seco, é possível encontrar rios perto de quase todas as aldeias, devido à ramificação dos rios em todo o país. Deve-se notar também como possibilidade de alojamento o parque Cantanhez.
Mais informações na seção SERVIÇOS > ALOJAMENTO NOS LUGARES TURÍSTICOS

Visitas mais atractivas
As visitas mais interessantes para os rios de água salgada são os de Cacheu (a partir de São Domingos), Quinhamel (de Quinhamel), Rio Grande de Buba (por Buba) e rio Cacine (do parque Cantanhez ou Cacine).
Entre os rios de água doce é agradável o Rio Geba perto de Bafatá e arredores, mas o espectáculo maior é Saltinho sobre o Rio Corubal.
Entre as lagoas Cufada, partindo de Buba.
Algumas propostas são inseridas nos painéis da coluna à direita.

Guiné-Bissau turismo Rede Ecoturismo
Algumas visitas propostas:
AS TARRAFES DO RIO CACHEU
Cacheu_rio1

base: São Domingos ou Cacheu
com: carro / barco
duração: 1 dia ou mais
período: nov - jun
atenção nos passeios de canoa ou a pé

O maior mangal na África Ocidental, onde se encontra com a vida humana harmoniosamente inserida no ecossistema. Capacidade de ver animais aquáticos e aves migratórias.

SALTINHO
Saltinho

base: estrada Bissau - Buba
com: carro
duração: é bastante ½ ora
ou senão pode-se passar a noite no hotel

Os saltos do Rio Corubal: um momento agradável para admirar a paisagem durante uma viagem de Bissau para o sul ou a oportunidade de passar uma noite no hotel com vista para o rio.

LAGOA DE CUFADA
Cufada 0

base: Buba
com: carro
duração: 1 dia ou mais
período: nov - jun
atenção nos passeios de canoa ou a pé

Um sítio muito interessante, onde se pode observar os habitats de muitas aves aquáticas, que permanecem nessa lagoa em sua rota migratória da África para a Europa.