ILHAS

O ARQUIPÉLAGO DOS BIJAGÓS

Com as suas 88 ilhas e ilhotas, no meio de águas calmas, povoadas de peixes e crustáceos, num mar que ainda não sabe o que é a poluição, é a maior atração turística da Guiné-Bissau e um dos locais mais bonitos do continente africano.
O arquipélago constitui a “Reserva da Biosfera do Arquipélago Bolama-Bijagós“, gerida pelo IBAP (Instituto pela Biodiversidade e Áreas Protegidas). Os Bijagós oferecem ao turista um conjunto rico em paisagem, etnografia e magia.

Nas suas aldeias cruza-se com homens e mulheres de rara beleza. Nos seus canais passeiam grupos de turistas encantados.
As suas praias são absolutamente encantadoras: pequenas praias de areia branca cercadas por vegetação densa encontram-se um pouco por todo o arquipélago.

Como chegar às ilhas
Existem alguns barcos que ligam o continente aos Bijagós.
Normalmente, um navio vai de Bissau para Bubaque, no final da manhã de sexta-feira, com retorno no domingo à tarde.
Os horários de partida e chegada são relacionadas às marés e às vezes o serviço pode ser suprimido, mesmo por longos períodos, para a manutenção dos barcos ou outros factores.
As outras ilhas maiores são ligadas com pirogas a motor, uma vez por semana ou duas vezes por mês, dependendo dos destinos, da estação e doutras condições.
É possível também alugar barcos a motor privados.
Informações mais actualizadas podem ser encontradas na página SERVIÇOS > AGÊNCIAS VIAGENS E TRANSPORTE
Antes de planejar a partida para as ilhas é aconselhável em qualquer caso de verificar os serviços e os horários directamente ao porto ou pedindo aos endereços da página CONTACTOS.

Alojamento e comida
Encontram-se pensões e restaurantes em Bubaque e em Bolama.
Hotéis com restaurante são presentes em Rubane, Orango e outras ilhas ou ilhotes.
Você normalmente não pode passar a noite na ilha de Polião.
O peixe que você encontra em restaurantes é óptimo.
Mais informações na página SERVIÇOS > HOTÉIS NOS LUGARES TURÍSTICOS

Visitas mais atrativas
Bubaque
e Rubane são as ilhas mais conhecidas, a natureza mais rara encontra-se em Orango, João Vieira e Polião, mas todas as ilhas têm as suas particulares características a serem oferecidas ao turista.
Andar de bicicleta é a melhor forma de conhecer as ilhas de Bubaque e de Bolama.
Encantadora é a Praia de Bruce, a 15 km da cidade de Bubaque e praticamente deserta.
Em Bolama as melhores praias encontram-se na extremidade sudoeste mais remota da ilha.
Na ilha de Orango encontra-se a colónia de hipopótamos marinhos mais grande ao mundo.
As ilhas de João Vieira e Polião são um dos mais importantes sanctuários de reprodução das tartarugas marinhas.

Ver mais descrições detalhada nos painéis da coluna da direita.
Itinerários personalizados podem ser organizados pedindo ao endereço indicado na página CONTACTOS.

Reserva da Biosfera do Arquipélago Bolama-Bijagós
O objectivo principal do IBAP na gestão dos Parques é a conservação da diversidade biológica e dos processos ecológicos fundamentais, valorizando ao mesmo tempo a gestão tradicional dos espaços e dos recursos, assim como a cultura Bijagó.
Uma descrição mais detalhada das diferentes características do arquipélago, nas suas diferentes partes, vai ser ilustrada no site do IBAP, particularmente nas páginas:
- Reserva da Biosfera do Arquipélago Bolama-Bijagós,
- Parque Nacional do Orango (PNO),
- Parque Nacional Marinho de João Vieira-Poilão,
- Área Marinha Protegida Comunitária das Ilhas de Urok(AMPCIU).

Guiné-Bissau turismo Rede Ecoturismo
Algumas visitas propostas:
BUBAQUE E A PRAIA DE BRUCE
Bub00 featured1

zona: Ilha de Bubaque
duração: ½ ÷ 1 dia
15 km de Bubaque: com bicicleta ou carro
periodo: nov-giu

Bela e longa praia de Bubque com areia fina; a cidade, o mercado, o museu, as aldeias, o mar ...

PRAIAS DE ORANGO
OrangoSpiaggia

base: Eticoga ou Orango P. Hotel
duração: ½ ÷ 1 dia
com barco
período: nov-jun

Praias desertas e foras do mundo, areia fina …

ORANGO – HIPOPÓTAMOS
ippo

base: Eticoga ou Orango P. Hotel
duração: 1 dia a pé ou ½ dia com barco
caminho a pé cansativo
período: nov-jan (fev)

Na lagoa de Anôr vive a comunidade de hipopótamos de água salgada maior de toda a África Ocidental, se tiverem sorte, poderão ver até 20 hipopótamos.

ORANGO – ANGAGUMÉ
Ancagume_collana

base: Eticoga ou Orango P. Hotel
duração: meio dia
fácil caminho a pé
período: nov-jun

Angagumé, a antiga capital da Ilha de Orango, famosa por ter sido a sede da Rainha Okinka Pampa. A comunidade ainda é governada por uma Rainha.

JOÃO VIEIRA, POILÃO, MEIO E CAVALO
tartaruga2IBAP

base: do continente ou duma ilha vizinha
com: barco privado
duração: 1 dia (mais a viagem do/por o continente)
período: nov-jun (jul)

Mar, praias desertas, área de nidificação de tartarugas e pássaros em uma natureza selvagem e intocada, as ilhas mais distantes do continente.

ITINERÁRIO NAS ILHAS
Rubane

duração: cerca de 1 semana
período: nov - jun

Navegar e nadar no mar azul, dentro do verde da vegetação das ilhas, para ver praias, aves inumeráveis, tartarugas e hipopótamos marinhos, cultura tradicional.

OS TURISTAS FALAM DAS ILHAS
diario-isole

Comentários feitos por turistas tendo visitado as ilhas.

Entre aqueles que temos recebido, foram escolhidos os que nos pareceram mais interessantes para informar os que querem visitar as Bijagós.